Bandidos fazem famílias reféns e com caminhão roubam vacas, ovelhas e galinhas em granja na Grande Natal

0
Bandidos fazem arrastão em granja na Grande Natal (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Usando um caminhão, bandidos invadiram uma granja e roubaram 32 ovelhas, 3 vacas e mais de 20 galinhas de duas famílias na comunidade do Lamarão, na zona rural de Macaíba, município da Grande Natal. O crime aconteceu na manhã desta de quarta-feira (17). Ninguém foi preso.
Segundo os moradores, pelo menos quinze pessoas, entre adultos e crianças, foram feitos reféns enquanto os bandidos faziam o arrastão. Uma mulher, grávida, passou mal. Duas casas foram reviradas. Panelas e pratos foram espalhados por todos os lados.
Além disso, os bandidos ainda chegaram a tomar sopa em uma das residências. Os criminosos também levaram uma motocicleta, eletrodomésticos, como TVs e aparelho de som, além dos celulares das vítimas.
G1 RN

Telemarketing: ligação agora só de segunda a sexta, das 8h às 18h

0
Telemarketing: ligação agora só de segunda a sexta, das 8h às 18h
Sabe aquelas ligações inconvenientes de empresas que tiram as pessoas da cama no fim de semana? Ou que incomodam na hora da novela? Pois é, agora elas estão proibidas. Sancionada ontem, pelo governador Luiz Fernando Pezão, a lei 7853 determina que as ligações de telemarketing só podem ser realizada de segunda a sexta, das 8h às 18h. Importunar o cliente fora do horário e em feriados ou fins de semana pode render multa.
Diariamente recebo reclamações de consumidores sobre os abusos praticados pelas empresas de telemarketing que insistem em ligar para os clientes com propagandas e ofertas de serviços a qualquer dia e hora. Por isso, é necessário criar mecanismos para frear essa prática abusiva das empresas. Já recebi relatos de consumidores que precisaram desligar os seus telefones, pois durante o seu período de descanso estavam recebendo ligações de empresas de telemarketing — destaca o deputado Átila Nunes (PMDB), autor da lei.
A legislação — que altera a lei 4.896/2006, para regulamentar a oferta de produtos e serviços por telefone — proíbe as empresas de usarem números privativos, que o consumidor não possa identificar a origem, e determina que a identificação da companhia deve ser feita logo no início da chamada.
— Excelente medida, que visa a resguardar o sossego dos consumidores nos seus horários de descanso. Acompanharemos seu cumprimento com bastante atenção, com vistas a se respeitar o determinado na lei — diz Eduardo Chow, subcoordenador do Núcleo de Defesa do Consumidor da Defensoria Pública do Rio.
O natalense

Bandidos invadem Secretaria de Agricultura e depredam tratores em Apodi

0
Tratores tiveram faróis e painéis quebrados, além de peças desmontadas (Foto: Josemário Alves )
Quatro tratores da Secretaria de Agricultura foram depredados por vândalos durante a noite desta segunda-feira (15) na cidade de Apodi, na região Oeste do Rio Grande do Norte. A ação criminosa foi percebida durante a manhã desta terça (16).
Segundo a assessoria de comunicação do município, os veículos estavam em manutenção para o início do programa Corte de Terras. Eles tiveram os faróis e painéis quebrados, além de várias peças desmontadas. Um tambor com óleo que estava guardado em um espaço ao lado da garagem também foi derramado no pátio.
“A gente não sentiu falta de nenhuma peça até agora, o que mostra que o intuito deles foi somente destruir o patrimônio da secretaria”, afirmou o secretário de Agricultura Elton Rosemberg, que informou a realização de vistoria nos tratores para avaliar os danos e custos nos reparos.
No momento do crime, não havia vigilante na Secretaria. Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Polícia Civil para que o caso seja apurado. Entretanto, não há pistas sobre os suspeitos até o momento.
G1 RN

Natal registra mais de 8 mil agravos respiratórios em crianças ao longo de 2017

0
Durante todo o ano de 2017, foram registrados 8.035 casos de agravos respiratórios em crianças em Natal. Os dados foram divulgados pela Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Poluentes Atmosféricos (Vigiar Natal), do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).
A maior incidência de casos foram as chamadas Infecções Respiratórias Agudas (IRA), como pneumonia, faringite e laringite. Foram 5.934 registros e agravos desse tipo. Em seguida aparecem a asma (1.079) e a bronquite (892). Em 130 das situações, o tipo de agravo não foi informado.
Em comparação com 2016, a capital potiguar registrou um grande aumento no número de ocorrências. Já que no ano passado foram contabilizados 2.673. De acordo com Marcílio Xavier, chefe do setor de Vigilância em Saúde Ambiental e do Trabalhador (Visamt), isso se deu, principalmente, pelo aumento do número de unidades ‘sentinelas’ do Vigiar.
“Até junho de 2016, tínhamos apenas uma unidade sentinela, que era no Hospital Municipal de Natal. Já em 2017, além do Hospital, tivemos as UPAs Pajuçara, Potengi e Cidade da Esperança, o que resultou em uma maior quantidade de dados recebidos”.
Com o Vigiar, é possível fazer uma avaliação epidemiológica para o monitoramento de fenômenos onde o foco está na análise dos possíveis impactos à saúde de crianças menores de cinco anos que apresentem sintomas respiratórios como dispneia, falta de ar, cansaço, sibilos, chiados no peito e tosse.
Agora RN