O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou o diploma do vereador de Parnamirim, Paulo Estevão de Miranda Borges (PHS), por decisão da maioria dos juízes da corte eleitoral.
Além de perder o mandato, o tribunal determinou ainda sua inelegibilidade por oito anos.
Ele é acusado de abuso de poder político e econômico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here